De forma cômica, ‘Homens à Beira de um Ataque de Nervos’ desconstrói os ‘machos’

Comédia francesa acaba de estrear no Brasil
Atores do filme "Homens à Beira de Um Ataque de Nervos", sobre histeria masculina - Otageek
Foto: Divulgação/Synapse Distribution

A histeria sempre foi uma condição vinculada às mulheres, já que se acreditava que sua causa era um movimento de sangue contaminado do útero, que caminhava diretamente ao cérebro. Apesar do significado da palavra ‘hystera’ – do grego -, significar útero, hoje, sabe-se que tal condição não está relacionada apenas às mulheres

De forma cômica, ‘Homens à Beira de um Ataque de Nervos’, dirigido pela cineasta e atriz francesa Audrey Dana, embarca em uma jornada com homens que estão prestes a ter um colapso emocional 

O longa foi inspirado diretamente no filme de Pedro Almodóvar, ‘Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos’ (1988). “A ideia é mostrar que a ‘histeria’, que dizem ser algo tão exclusivo das mulheres, também pode ser aplicada aos homens. A figura masculina da forma que é retratada não é muito vista nas telonas, e eu gosto quando o cinema se assemelha à vida. O riso é um ingrediente essencial, pois acredito que simboliza universalmente a emoção”, explica a diretora. 

Os atores Thierry Lhermitte, François-Xavier Demaison e Ramzy Bedia em ‘Homens à Beira de um Ataque de Nervos’, filme sobre histeria masculina - Otageek
Os atores Thierry Lhermitte, François-Xavier Demaison e Ramzy Bedia em ‘Homens à Beira de um Ataque de Nervos’
Foto: Divulgação/Synapse Distribution

Um grupo de homens, nas suas mais variadas idades e problemas, dos 17 aos 70 anos, aceitam ir às escuras para uma espécie de retiro em meio a natureza, quando estão prestes a ter um colapso nervoso. 

Sem qualquer tipo de informações acerca do local, eles são surpreendidos e quebram todas as expectativas com a realidade, a começar pela identidade da líder do retiro. Eles passam a viver fortes emoções e começam, um a um, a revelar suas bagagens emocionais, sempre de forma cômica. 

‘Homens à Beira de um Ataque de Nervos’, consegue cumprir a desconstrução da masculinidade tóxica, tema esse que permeia toda a produção. É válido lembrar que se trata de uma comédia, mas, apesar de haver a opção de explorar as bagagens emocionais de cada personagem, tal escolha não foi feita. Não se trata de questionar os problemas da vida de cada personagem. É mais uma história sobre rir dos ‘machos’. 

Leia também:

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Isabella Breve
Isabella Breve

Futura jornalista, leitora voraz, amante da Sétima Arte e eternamente fã.

Artigos: 349
Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais velho
Mais novo Mais votado
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

[…] De forma cômica, ‘Homens à Beira de um Ataque de Nervos’ desconstrói os ‘machos’ […]