Sin Embargo, uma Utopia traz apresentação de maestro em Cuba

Dirigido por Fabiana Parra, documentário que traz a apresentação do maestro Kleber Mazziero em Cuba estreia com exclusividade no Reserva Cultural (SP), no próximo dia 20.

Cuba sempre foi uma utopia para mim. Desde muito cedo. Eu sempre sonhei com aquele lugar em que todos são comuns. A garçonete que nos atendia no restaurante é médica; nosso taxista é engenheiro; encontramos, na rua, um pedreiro que discorre sobre a arquitetura do Oscar Niemeyer melhor do que muitos arquitetos brasileiros”, assim o maestro Kleber Mazziero define Cuba. Ele viajou à ilha na ocasião de uma homenagem que recebeu durante as comemorações dos 110 anos do Museu Nacional de Belas Artes cubano em 2023.

Sin Embargo
Cartaz de ‘Sin Embargo, uma Utopia’ – crédito: Divulgação

Dirigido por Fabiana Parra, o documentário tem Mazziero como produtor executivo, e estreia com exclusividade no Reserva Cultural (SP), no próximo dia 20 de junho de 2024. O longa, que começou com um registro de um concerto, tornou-se, como explica o maestro, “sobre a situação de Cuba”.

O filme abre e encerra com ele próprio fazendo um apelo ao presidente e à vice-presidenta dos EUA para colocar um fim ao embargo do país a Cuba que já dura mais de 60 anos, e começou a passar por um relaxamento no governo de Barack Obama, mas voltou a ser irrestrito durante a presidência de Donald Trump.

A ideia desses textos surgiu após vermos e vivermos as condições subumanas em que vivem os cubanos. Após vermos o joelho dos EUA sufocando o pescoço de onze milhões de pessoas por nada. Porque eles ousaram, um dia, acreditar que todos somos iguais, que todos somos comuns, que todos somos um. O texto foi escrito pela diretora do filme a quatro mãos comigo”, relembra. 

Mazziero conta que o filme nasceu de um projeto pessoal, sobre a ida de um compositor brasileiro a Cuba, mas, aos poucos, foi ganhando outros contornos. “Deixou de ser um filme pessoal e se tornou um filme narrado desde uma perspectiva pessoal, eu até diria (em detrimento de minha participação no filme) personalista”, diz o maestro. 

Durante dez dias em Cuba, Parra filmou mais de 15 horas de material, entre o concerto, imagens de cobertura, entrevistas e tomadas de lugares como o Conservatório Amadeo Roldán e a Escuela Internacional de Cine y TV, em San Antonio de los Baños.

Cortar aquele material era como cortar parte da própria carne, pois queríamos mostrar tudo o que vimos e vivemos. No entanto, o enriquecimento que tivemos foi ainda maior do que a dificuldade”, explica a diretora. “Construímos um discurso cinematográfico que mesclou o aspecto histórico, o âmbito social e a instância emocional”, resume.

Como maestro, Mazziero regeu e dirigiu três óperas, ao longo de sua carreira. Depois, foi para o teatro, montando onze peças, premiadas, e logo foi para o cinema com mais de 38 filmes – com títulos premiados em cinco continentes. “Desse modo, minha formação e experiência como maestro levou-me ao cinema. Agora: no âmbito discursivo, no uso dos recursos de linguagem, a música contribuiu fundamentalmente para me dar a noção precisa do tempo”, define. “Cinema é a arte de esculpir o tempo. Nada melhor do que um maestro para controlar o tempo”, conclui.

SIN EMBARGO, UMA UTOPIA é uma coprodução Kaza Véia Produções e Instituto Cubano del Arte e Industria Cinematográficos – ICAIC.

Sinopse

Um maestro brasileiro vai a Cuba, para um Concerto em comemoração a seus 50 anos como pianista. Essa é apenas a premissa do documentário “Sin embargo, uma utopia”:  acompanhando as andanças do maestro Kleber Mazziero por terras cubanas, a partir do encontro de um artista brasileiro com artistas cubanos, da arte brasileira com a arte cubana, o espectador observa a realidade de um país que, mesmo diante do bloqueio econômico imposto pelos Estados Unidos da América, segue sendo uma Utopia.

Ficha Técnica

Sin embargo, uma utopia
Direção: Fabiana Parra
Gênero: Documentário
Ano: 2024
Duração: 90 minutos
Idiomas: Português e Espanhol
Com Kleber Mazziero, Yanner Falcón, Liah Rivero, Angelo Jiménez, Adela Rascón, Daniel Martínez, Rosa García, Ana Tamayo, Nancy Chacón e Fernando Ferrer
Fotografia: Gabo Martines
Direção de arte: Gabriella Lira
Direção de áudio: Kauã Bella

Leia também:

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Erick Gomes
Erick Gomes

Jornalista e produtor audiovisual, apaixonado por cinema, cultura e por histórias de pessoas.

Artigos: 64
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários