Especificações no Notebook que você precisa se atentar ao adquirir um novo

Confira o que se atentar nas configurações antes de escolher um equipamento novo.

O mercado de notebook está mais aquecido do que nunca, afinal, devido às medidas adotadas para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os modelos de trabalho e educação a distância foram amplamente adotados, criando uma alta nos preços, que ainda se soma a disparada do dólar em relação a moeda brasileira.

Se você também está em busca de um notebook, mas não sabe muito bem o que se atentar em termos de especificações, se é melhor optar por um SSD ou um HD, confira abaixo algumas dicas que podem te auxiliar:

Memória RAM

Uma das primeiras especificações destacadas em um anúncio, a memória RAM auxilia na fluidez do seu dispositivo, permitindo que ele realize tarefas de maneira mais ágil, logo, quanto mais melhor. No entanto, as empresas que montam dispositivos sempre optam por colocar algo que seja o mínimo de uma configuração.Por exemplo, os dispositivos com Windows 10 ou 11 necessitam de, ao menos, 4 GB de memória, logo, se um dispositivo tiver 8 GB de RAM, ele deve vir equipado não só com um sistema operacional mais exigente, mas também com uma configuração robusta de modo geral, o que torna a sua aquisição cara. Por isso, se atente na relação da memória com o restante das especificações.

Processador

Quando se realiza uma pesquisa rápida no melhornotebook.com, existem equipamentos com chips de duas marcas, a Intel e a AMD, pois esses são os fabricantes que mais atendem os produtos voltados para o consumidor usual. Porém, independente do fabricante do chip, tenha em mente que a maioria das pessoas não necessitam de um processador muito potente.

Se você necessita utilizar programas muito pesados, como ferramentas de edição de vídeo ou para elaboração de peças de desenho técnico, é importante dispor de um processador potente. Agora, se a sua rotina é basicamente responder emails, criar arquivos de textos, planilhas ou até mesmo executar jogos mais simples, um chip intermediário deve bastar.

Armazenamento

Enfim, chegamos à questão do HD ou SSD, onde não há muito o que ficar em dúvida, prefira sempre um dispositivo com SSD, pois se trata de uma tecnologia mais recente e muito mais rápida que os tradicionais discos rígidos (HD).

O mais comum no Brasil, é que os notebooks tenham uma configuração de apenas 128 GB de SSD, algo que atende bem a maioria das pessoas, devido aos serviços em nuvem que são utilizados para armazenar e compartilhar uma série de arquivos e informações. No entanto, se você necessita de mais espaço busque por um modelo com SSD de 240 GB ou mais, que costumam ser equipados em configurações mais robustas.

É importante salientar que necessidades distintas priorizam questões diferentes em um equipamento, por exemplo, quem busca um notebook para estudo prioriza as dimensões e peso, que auxiliam na hora de transportar, assim como a duração da sua bateria, já quem realiza trabalhos gráficos procura por uma configuração mais robusta.

Ou seja, adeque as dicas acima às suas necessidades na hora de escolher um notebook, e se atente às configurações que fazem mais sentido na hora de executar a sua principal atividade com o equipamento.

Continue lendo no OtaGeek:

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Luna | A Patroa da Redação
Luna | A Patroa da Redação

Já pensou em começar a valorizar o Jornalismo Cultural Independente hoje?

Artigos: 1325
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários