David Contra os Bancos | Filme estrelado leva história real com humor aos cinemas

Dirigida por Chris Foggin, a comédia conta a história de um pequeno empresário britânico que desafiou a classe empresarial ao montar um banco comunitário para ajudar os negócios locais

Cena de David Contra os Bancos.
Cena de David Contra os Bancos.

David Contra os Bancos” (Bank of Dave), comédia dirigida por Chris Foggin (“Música a Bordo”) e protagonizada por Rory Kinnear (“Penny Dreadful”), chega aos cinemas de todo o Brasil em 28 de setembro, com distribuição da Synapse Distribution. O longa é baseado em fatos da carreira de Dave Fishwick, que deixou a venda de vans para criar um banco comunitário em Burnley, cidade na Inglaterra.

Dave Fishwick (Kinnear) é um britânico que ganha a vida com seu negócio em Burnley, cidade industrial que já foi referência em produtividade e lucro, mas que agora se encontra em decadência. No trabalho, Dave se torna uma exceção em meio às falências: seu empreendimento vai tão bem que ele começa a emprestar dinheiro tanto para seus clientes quanto a outras empresas locais depois da crise financeira de 2007/2008, quando os bancos tradicionais interromperam os empréstimos. Com o sucesso dessa jogada de mercado, o empresário decide ir além e abrir um banco com seu próprio nome. Porém, a movimentação chama a atenção dos banqueiros, que não gostam nada da ideia.
 

Essa não é a primeira vez que a história de Fishwick – o primeiro britânico a conseguir abrir um novo banco em mais de 100 anos – chega às telas. Em 2012, uma série documental de mesmo nome foi lançada na britânica Channel 4, e esse foi o primeiro contato que o roteirista Piers Ashworth teve com o assunto. “Soube de ‘The Bank of Dave’ por um amigo meu que fez a narração do documentário. A ideia de escrever um filme não foi imediata, mas aconteceu quando estava fazendo ‘Música a Bordo’, e ali percebi que havia uma forma de abordar a fundo essa história”, conta.
 

Ashworth é colega de longa data de Chris Foggin, diretor de “Música a Bordo” e, agora, de “David Contra os Bancos”. “Esse é um filme feito com muito amor. Estou muito orgulhoso. É uma trama adorável e comovente, cheia de personagens memoráveis e mostra como o Norte (britânico) é maravilhoso. As pessoas precisam de filmes como esse agora”, diz Foggin.

Continue lendo:

Quando Rory Kinnear, ator de prestígio na TV e no cinema, foi convidado para fazer o protagonista, ele não conhecia nada da história de Fishwick. Mas assim que assistiu ao documentário, sabia que estava com um grande personagem em mãos. “Há algo de especial nessa sensação de obstinação, de determinação. A primeira coisa que pensei foi ‘o que tinha em sua mente para lutar com tanta energia por algo que, de alguma forma, ele sabia que levaria a um bem maior?’”, comenta o ator.
 

Dessa forma, Kinnear mergulhou rapidamente na trajetória de Fishwick e foi abraçado pelos seus parceiros de cena: Joel Fry (“Game of Thrones”), que interpreta Hugh, advogado contratado pelo empresário para ajudar nas negociações; e Phoebe Dynevor (“Bridgerton”), que vive a vereadora local e médica Alexandra, peça fundamental para o desenvolvimento da ideia do banco comunitário. “É um filme adorável de assistir. Espero que traga alegria às pessoas e que o público saia com mais esperança em relação ao mundo”, afirma Dynevor.

Com 85% de aprovação da crítica no Rotten Tomatoes, “David Contra os Bancos” traz ainda no elenco Hugh Bonneville (“Downton Abbey”), Paul Kaye (“Game of Thrones”) e Jo Hartley (“Voando Alto”).
 

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Vicky Lima
Vicky Lima
Artigos: 220
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários