Daisy Jones & The Six | Primeiras impressões

A adaptação do livro “Daisy Jones & The Six” chama a atenção pela “fidelidade” ao livro, músicas e muito mais nesses três primeiros episódios no Amazon Prime Video.

No dia 03 de março, estrearam na Amazon Prime Video os três primeiros episódios de Daisy Jones & The Six, série baseada no livro de Taylor Jenkins Reid. Os três primeiros episódios dão o tom a série e terminaram deixando os fãs ansiosos pelo desenrolar da história de Daisy Jones (Riley Keough), Billy Dunne (Sam Claflin) e dos demais integrantes da banda.

Billy Dunne (Sam Claflin) e Daisy Jones (Riley Keough) na Série Daisy Jones and The Six
Amazon Prime/Reprodução

Assim como no livro, a adaptação também segue um formato de documentário junto com os flashbacks, trazendo o inicio da banda e a formação de Daisy Jones & The Six.

Primeiras impressões

A série narra a vida de Daisy Jones (Riley Keough), uma jovem da elite de Los Angeles que tem a música como maior paixão, e também da banda The Six, que tem Billy Dunne (Sam Claflin) como vocalista, que sonha em se tornar o próximo grande sucesso do rock.

A excelente ambientação entre os anos 60 e 70 me ganhou logo de primeira, além do clima musical intenso e estilos musicais como o rock com sua pegada mais selvagem bem sexo, droga e rock and roll. Como a série é uma adaptação, é sempre bom pontuar que mudanças sempre acontecem. Por exemplo, senti que alguns assuntos apontados no livro ganharam uma abordagem mais sutil.

Todo o drama de vida dos personagens casam muito com o que é visto no livro. Apesar da sutilidade, a adaptação ainda está dentro do esperado. Vemos aqui o vício de Billy em drogas, o relacionamento dele com a Camila Dunne (Camila Morrone), os integrantes da banda e Daisy Jones como uma mulher focada nas suas composições e música.

 Série Daisy Jones and The Six
Amazom Prime/Divulgação

Mas nem tudo pode ser perfeito! Para quem leu o livro, percebeu que principalmente o primeiro episódio foi muito corrido, explicando que é um documentário em desenvolvimento e é isso.

Ambientação

Sem defeito algum! A ambientação e fotografia da série estão impecáveis. Como uma série musical que transita entre os anos 60 e 70, a música está por todo lado e a crescente onda do rock and roll está por toda parte na adaptação. Whisky a Go Go, um clube noturno histórico em West Hollywood, Califórnia, na 8901 Sunset Boulevard ,no trecho da Sunset Strip é a casa de shows dos sonhos da banda e aparece bastante nesses três primeiros episódios.

 Daisy Jones and The Six
Amazon Prime/Divulgação

Os figurinos são um deleite para os olhos – e não duvido que a série venha a lançar alguma tendência de moda. Tanto os looks masculinos quanto os femininos são bem característicos da época do auge do rock and roll; e também há uma pegada hippie, que é mais o estilo da Daisy. Sinceramente, tragam essa tendência de moda de volta!

Trilha sonora

A trilha sonora é outra parte da série que se mostrou impecável. Tanto as musicas já muito famosas da época em que a série é ambientada, quanto o próprio álbum da banda, “Aurora”, são muito bem utilizadas. Sim, assim com o livro, as musicas contidas nele também foram adaptadas e posso dizer: ELAS ESTÃO INCRÍVEIS!

 Daisy Jones and The Six álbum AURORA
Amazon Prime/Divulgação

Todas as músicas do álbum estão disponíveis no Spotify e você pode ouví-las aqui.

Outra característica musical interessante da série é que todos os episódios têm, em seus títulos, uma homenagem a alguma música dos anos 70. Até então, os três primeiros episódios ganharam os seguintes títulos:

  • Come & Get It

Escrita e produzida pelo ex-Beatle Paul McCartney“Come & Get It” foi interpretada pela banda britânica de power popBadfinger. 

  • I’ll Take You There

 “I’ll Take You There” homenageia a música escrita por Al Bell – executivo e sócio da Stax Records, que tinha grande influência no Soul – e foi originalmente lançada pela banda familiar de soul/gospel The Staple Singers. Em 1972, ela passou 15 semanas nas paradas e até atingiu o topo da Billboard Hot 100.

  • Someone Saved My Life Tonight

A música de Elton John, lançada em 1975, faz parte do álbum Captain Fantastic and the Brown Dirt Cowboy. A letra é autobiográfica, assim como o resto do disco, e conta a história da tentativa de suicídio de John.

Billy Dunne (Sam Claflin) e Daisy Jones (Riley Keough) na Série Daisy Jones and The Six
Amazon Prime/Divulgação

Senti falta de The Chain, do Flatwood Mac, na série – a música se tornou bem característica da série mesmo antes da adaptação e é uma queridinha dos fãs. Vamos aguardar para ver se ela vai ser inserida na trilha sonora nos próximos episódios.

Daisy Jones & The Six tem tudo para se tornar uma das melhores séries do ano e já é um sucesso certeiro com apenas três episódios lançados. Os episódios serão lançados todas as sextas na Amazon Prime Video.

 Daisy Jones (Riley Keough) na Série Daisy Jones and The Six
Amazon Prime Vídeo/Reprodução

Confira aqui o trailer da série Daisy Jones & The Six:

Ficha Técnica

Daisy Jones & The Six

Adaptado da obra de Taylor Jenkins Reid

Criação: Scott Neustadter e Michael H. Weber

Elenco: Riley Keough, Sam Claflin, Camila Morrone, Suki Waterhouse, Will Harrison, Josh Whitehouse, Sebastian Chacon, Nabiyah Be, Tom Wright, Timothy Olyphant, Sychelle Gabriel, Naya Kodeh, Ayesha Harris, Gavin Drea, Jack Romano e Nick Pupo.

Duração: 10 episódios (40 a 50min)

Leia Também:

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Raissa Sara
Raissa Sara

Eterna amante da literatura

Artigos: 44
Se inscrever
Notificar de
guest
3 Comentários
Mais velho
Mais novo Mais votado
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

[…] Daisy Jones & The Six | Primeiras impressões […]

[…] Daisy Jones & The Six | Primeiras impressões […]

[…] Daisy Jones & The Six | Primeiras impressões […]