ANNÁ | Cantora lança piseiro “Todo Mundo Tá Ok”

Apostando na popularidade do piseiro em um feat com Sarah Roston, a cantora ANNÁ se revela em letra explícita e pegação divertida em videoclipe
ANNA otageek
Imagem do Clipe “Todo Mundo Tá Ok” de ANNÁ

A ousadia de ANNÁ é figurinha carimbada em todos os seus lançamentos, como os clássicos reinventados em seu último disco “Brasileira”. Sua nova aposta “Todo Mundo Tá Ok” é uma faixa de piseiro, despudorada e pronta para ser o hit do verão. Sem amarras ou medo da dualidade de percorrer o alternativo e o popular ao mesmo tempo, a multiartista e empresária se joga em um feat com Sarah Roston, apresentando uma sonoridade extremamente atual da música brasileira.

“Eu tenho entendido que um dos netos do forró é o piseiro, essa sonoridade extremamente popular hoje no Nordeste. Eu como uma seguidora de Luíz Gonzaga e pesquisadora da música nordestina, entendo o piseiro como essa continuação e quero mergulhar nisso, não quero ser uma cantora que canta só coisas do passado”, comenta a artista. “Assim como a sonoridade se transforma, eu também tenho me transformado e isso se reflete nos meus lançamentos. Vem aí um piseiro dançante e divertido”, finaliza.

Na letra da música, composta por ANNÁ, Sarah Roston e Allan GP, a diversão, a não-monogamia e a redenção de uma juventude pós pandêmica aparecem com humor, leveza e uma letra explícita, conectada com os jovens. Inspirada em “Cuff It” de Beyoncé, a ideia partiu de uma base de pop e ganhou contornos da música de colagem, já tradicional de ANNÁ, caracterizada por mistura de ritmos que entralaça nuances de uma forma natural na troca de gêneros dentro de uma só canção. Em “Todo Mundo Tá Ok”, isto se apresenta na inserção de um bandolim no piseiro, junto com uma virada para R&B em momentos especiais da faixa. 

Sarah Roston destaca o prazer de cantar sobre o amor: “Embarcamos totalmente nessa onda do piseiro, dos grooves e dos timbres. É uma delícia falar da liberdade sexual da mulher e todas as pessoas que se sentem livres pra compartilhar amor”. 

O videoclipe foi gravado na região central de São Paulo, na Rua Rui Barbosa, no bairro do Bixiga, documentando o movimento do local, que tem sido fervoroso e imprescindível na curtição da noite paulistana. A região passa por obras do futuro metrô e os cenários estão sendo alterados rapidamente. Assim, o clipe também é um registro afetuoso dos rolês, da esfirraria, da casa noturna Funilaria e toda a boemia.

ANNÁ e Sarah – além de cantoras – são dançarinas e metem muita dança no clipe, consolidando esse movimento importante de expansão do público através do lançamento de um single de verão. “Eu sinto falta de ter um momento mais massivo, de furar a bolha e falar com mais gente. Eu tenho feito coisas muito boas, mas que ainda não atingiram o grande público. Essa música vai falar com gente nova e mostrar uma realidade que eu vivo hoje”, conta.  

O lançamento de “Todo Mundo Tá Ok” chega como cartão de visita para um novo álbum da artista, “Deusa Diaba da Terra do Sol”, previsto para o segundo semestre de 2024.

Assista ao clipe de “Todo Mundo Tá Ok” abaixo:

Leia Também:

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Erick Gomes
Erick Gomes

Jornalista e produtor audiovisual, apaixonado por cinema, cultura e por histórias de pessoas.

Artigos: 44
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários