10 clipes dirigidos por David Fincher que você precisa (re)assistir!

David Andrew Lo Fincher, ou simplesmente David Fincher, é conhecido por dirigir diversos filmes que marcaram a sétima arte como “Se7en” (1995), “Zodíaco” (2007), “Clube da Luta” (1999), “A Rede Social” (2010) e tantos outros…

Com três nomeações ao Oscar de “Melhor Diretor”, alguns Globo de Ouro, Grammy, Critics Awards, dentre tantos outros, Fincher consagrou-se como um grande diretor de dramas, suspenses e longas de ação que nos brilham aos olhos até hoje.

David Fincher, diretor. Imagem via: IMDB.

Mas antes de dirigir grandes filmes, Fincher aventurou-se em dirigir diversos videoclipes, de diferentes artistas e bandas, transitando entre o pop-music e o rock. Com um estilo versátil, ele destaca o marcante preto e branco, que beira o cinema noir (como nos clipes que fez com Madonna e Paula Abdul). No total, são mais de 50 videoclipes que tem a mente do diretor americano por trás. 

Confira uma lista de 10 videoclipes que atravessam gerações e gêneros. Lembrando que o foco serão os videoclipes, não a música em si, mas sinta-se livre para comentar sobre a música o quanto quiser!

10. Billy Idol “Cradle Of Love” (1990)

Calma, isto aqui não é um ranking! E, apesar de não ser um dos videoclipes que envelheceram da melhor forma, dados os efeitos visuais e as opções de figurino, ele compensa na história, a qual narra um jovem nerd que fica desconcertado e perdido por causa uma garota que é demais para ele. Enquanto Idol toca no estéreo e marca sua presença pelos quadros de art-pop, talvez não exista nada que marque mais o início dos anos 90 que isso, e, claro, um salto agulha mergulhando em um aquário. 

9. Michael Jackson “Who Is It” (1993)

Com uma influência forte do diretor inglês Tony Scott, Fincher dirige esse clipe para o Rei do Pop. E tudo poderia ser grandioso, se não fosse tão louco: a história é sobre uma acompanhante de alta classe que anseia por Michael. A sensualidade do vídeo é tocante. Celeste, a tal acompanhante, é o centro do vídeo, e sua beleza aparentemente é tamanha, que faz um homem de cadeira de rodas andar.

8. Paula Abdul “Cold Hearted”(1989)

Esta é uma das mais famosas colaborações entre Paula Abdul e David Fincher. E, desta vez, em um dos maiores hits da carreira da cantora. Novamente ele abusa de seus talentos com visuais e jogos de câmeras. Agora, mostrando-se como um grande diretor de dança. Destaque para a ótima cena na qual Paula Abdul dança com seus bailarinos seminus enquanto eles se contorcem em um andaime. 

7.  Madonna “Bad Girl” (1993)

Não vamos focar, de fora, no Christopher Walken como um Anjo da Morte ferido, porque vai ser muito para chamar nossa atenção. Mas a presença do ator é um dos pontos altos do filme, juntamente com a fotografia rica e a narrativa, a qual é tão fluida que faz o videoclipe se assemelhar a uma produção “cinemática”. E aqui também notamos que Madonna não é fumante. 

6. Nine Inch Nails “Only” (2005)

Retribuindo um favor a Trent Reznor, que tornou-se uma colaboração frequente após o cover de “Closer” ser usado nos créditos de “Se7en”, Fincher retorna o favor dirigindo o clipe do Nine Inch Nails. “Only” é um dos principais trabalhos do diretor no mundo da música, apesar de ser mais impressionante tecnicamente do que envolvente. 

Leia mais:

5. Madonna “Express Yourself” (1989)

O próximo ano pode ter sido o annus mirabilis de Fincher para sua carreira como diretor de videoclipes, mas, para Madonna, este foi o ponto em que sua carreira se elevou a outro patamar. Das impressionantes imagens distópicas e anticapitalistas à Madonna em um terno ostentando um monóculo e às enormes engenhocas steampunk, passando por aquela foto eternamente memorável de Madge derramando o pires de leite sobre o ombro, “Express Yourself” tem ousadia, talento e confiança visual que a música exige. E, com certeza, tanto o clipe quanto a música podem ser denominados como “atemporais”.

4. The Rolling Stones “Love Is Strong” (1994)

Um pouco antes de Fincher colocar no mundo “Se7en”, ele tem “Love Is Strong” em mãos, uma música com um grande clipe e de enorme sucesso para os Rolling Stones. Novamente, a simplicidade do conceito é um tanto fundamental, e tudo é entregue com tamanha versatilidade e inteligência, que faz deste um dos grandes videoclipes da época.

3. Justin Timberlake feat Jay-Z “Suit & Tie” (2013)

Oito anos depois do último vídeo dirigido (“Only”, do Nine Inch Nails), e já totalmente estabelecido como um dos diretores americanos mais importantes, com indicações ao Oscar e tudo mais, Fincher volta à indústria fonográfica e não decepciona com este clipe, trazendo novamente sua direção, não só para o videoclipe em si, mas também para a coreografia do audiovisual. “Suit & Tie” é um show no jogo de luzes, no uso do preto e branco e nos contrastes de figurinos com as cores no fundo. Um pouco de Glazer também, com pessoas pulando em câmera lenta com piscadelas em branco em um fundo preto. Um grande álbum de Timberlake (e seu último no quesito de notabilidade), além de uma cereja na carreira de Fincher.

2. George Michael “Freedom! ‘90) (1990)

Um grande hit. E provavelmente a música deve ter ecoado na sua cabeça enquanto você lia essa frase. Não obstante, o videoclipe não se faz pequeno perante o sucesso da música. Ele consegue ser tão atemporal quanto as pessoas que participam. O clipe conversa com os anos 90 e sua obsessão pelo fenômeno das supermodelos. Tudo isso somado ao que se tornou um hino da autoemancipação e a favorita da MTV na epóca.

1. Madonna “Vogue” (1990)

Se isso fosse um ranking, teríamos um empate técnico entre “Vogue” e “Freedom”, mas estamos falando de Fincher, e não existe nada mais “Fincherest” do que um bom videoclipe preto e branco. Tudo nesse clipe emana Fincher. A iluminação direcionada e focada, o jogo de câmeras, os tons de peles quase que brilhantes, a escolha de figurinos, e, claro, a icônica coreografia de “Vogue”. Não existe nada mais emblemático que “Vogue” no quesito videoclipes e música dos anos 90, além, é claro, do próprio David Fincher. 

Fonte: IMDB e VEVO.

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Gustavo Menezes
Artigos: 228
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários