Las Bravas FC | 5 Razões para não perder o final na HBO Max4 minutos

A série original da HBO Max, Las Bravas FC, que provou ser mais que uma história sobre futebol, estreia seus capítulos finais na plataforma. A produção mexicana retrata várias situações que deixam claro que o trabalho em equipe e a amizade verdadeira podem dar muitos frutos.

Las Bravas FC
Las Bravas FC

Por isso, listamos 5 motivos para não perder como as “Bravas” e seu técnico Roberto Casas descobrem seu valor dentro e fora do campo.

  • 1.- Torna as mulheres visíveis no esporte, as empodera e destaca o trabalho em equipe

Existem muitas séries que mostram temas esportivos e elogiam os jogadores, mas é raro encontrar uma sobre futebol feminino. No início da série, por meio de Roberto Casas (Mauricio Ochmann), surge a ideia de que “o futebol feminino não é futebol nem feminino”. Entretanto, com o passar dos episódios, esse preconceito é eliminado, principalmente quando o próprio Roberto se torna o treinador de Las Bravas FC. Ao conviver com sua equipe, ele percebe que nenhum esporte tem gênero e aprende com as meninas que o trabalho em equipe é vital para progredir dentro e fora do campo. Lembremos que Roberto é um “10”, ou seja, um “jogador solitário” no campo, que só vê o caminho para fazer gols – ou pelo menos essa é a perspectiva dele.

E do lado das meninas, começar a acreditar em suas habilidades e dividir o campo com jogadores profissionais de futebol as levou a dar o seu melhor e treinar para se destacar, mas acima de tudo, elas entenderam a força que as mulheres têm neste esporte quando entregam tudo em campo.

  • 2.- Nos mostra que podemos sair da adversidade

Sofrendo um infarto, Roberto Casas perde tudo e fica em ruínas. Mas as crises são os melhores momentos para considerar que toda dificuldade nos dá uma oportunidade de progredir. Para Roberto Casas, esse progresso (embora não o sentisse no início) veio quando ele voltou ao seu país natal e reencontrou as raízes que tinha esquecido devido à fama. Esse retorno também lhe deu a oportunidade de repensar sua vida e as razões que teve para seguir em frente até hoje. E, o mais importante, apesar das adversidades, descobrir que é pai de uma adolescente deu a ele mais um motivo para continuar crescendo.

Ao longo dos episódios também vimos que as Bravas aprenderam a superar as adversidades pessoais. Tania luta contra o bullying, Majo briga com a própria família e sofre pela perda de seus sonhos e Adriana sofre violência do namorado. Essas jovens também não estão isentas de lutar contra a ansiedade e as provocações; mas elas descobrem que juntas esses problemas são mais fáceis de suportar.

  • 3.- Mostra que a humildade é mais importante que o estrelato

O que não faltava para Roberto Casas eram seguidores, fama e dinheiro; mas de nada adianta tudo isso se você não tem a capacidade de lidar com esses fatores de maneira modesta. Aqueles que te levaram ao topo são os mesmos que virarão as costas em tempos difíceis. Destacar-se não tem valor se as pessoas mais próximas a você não apoiam, uma dura lição que o personagem interpretado por Mauricio Ochmann enfrenta quando tem problemas legais e precisa fugir para seu país natal. No México ele não é bem recebido porque preferiu ser parte da seleção da Espanha, fazendo sua carreira na Europa. Por isso, seu retorno provocou apenas chacota. Assim, Roberto não teve escolha a não ser aceitar humildemente a nova etapa de sua vida.

  • 4.- Porque deixa claro para nós que os sonhos se tornam realidade

Quando era criança, Mauricio Ochmann queria ser jogador da primeira divisão. No entanto, a vida o levou ao caminho da atuação. E com Las Bravas FC ele pôde realizar um de seus maiores desejos e combiná-lo com o que ele mais ama. Por meio de várias entrevistas, Ochmann revelou que este projeto significou o dobro em sua carreira, pois lhe deu a oportunidade de realizar seu sonho de infância.

  • 5.- Porque é uma série com um grande elenco

O elenco de Las Bravas FC é formado por veteranos da atuação, como Mauricio Ochmann, Mauricio Barrientos, Ana Jimena Villanueva, Irán Castillo e Juan Carlos Colombo, e também por jovens atores talentosos e promissores, como Keyla Caputo, Ana Valeria Becerril, Esmeralda Soto, Paola Cuarón, Kariam Castro, Jerry Velázquez, Fernando Cuautle, Alejandro Cuétara e Ari Albarrán. Eles conseguiram cativar o público da HBO Max com seus personagens, graças ao talento e carisma que refletem na tela.

Não perca Las Bravas FC – que estreia seus episódios finais hoje – e se emocione com cada desafio enfrentado e gol feito pelos protagonistas desta história, na HBO Max!

Leia também:

Crítica | Phoenix Rising: “Eu fiz um novo amigo… BUUUM.”

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Lucas Almeida
Artigos: 198
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários