Crítica | What Lies in the Multiverse é uma viagem cómica e trágica pelos universos6 minutos

What Lies in the Multiverse é um jogo de puzzle plataforma 2D com um enredo divertido, boras horas de risadas e apresenta um jeito diferente de lhe dar com a morte. Mesmo nosso protagonista sendo um "Garoto", o jogo aborda bem a fragilidade humana.;

O conceito de multiverso vem se tornando muito famoso nos últimos anos, empresas como a Marvel e a DC Comics estão utilizando muito esse conceito e fazendo as portas da realidade ficarem abertas o tempo todo, o que, em alguns casos pode ser confuso. Entretanto, o mundo dos jogos não ficou fora disso, jogos como Guacamelee, Ratchet and Clank, Chrono Cross, Injustice e até Spider-Man Shattered Dimensions utilizam muito desse recurso. E hoje vamos falar de um jogo Indie que soube abordar bem a utilização de “multiversos” dentro do jogo. What Lifes in the Multiverse foi desenvolvido pelos estúdios chilenos Voyager e Iguanabee e é um jogo de puzzle plataforma 2D com transições entre universos. Porém, apenas isso não é o bastante pra prender o jogador, mas a história é, e vamos falar dela agora.

Um garoto no multiverso

Garoto
Lembre de ler as placas, elas podem ser úteis

Em What Lies in the Multiverse, você assumo o papel do “Garoto”, (infelizmente nós não sabemos o nome dele) ele vem estudando sobre multiversos, e quando consegue colocar sua pesquisa pra funcionar, ele cria uma anomalia e é enviado para outro universo, onde conhece nosso “viajante insano”, Everett. Ele descobre que o garoto é responsável pela instabilidade recém gerada nos universos e o procura para tentar resolver esse problema.

Entretanto, após ambos retornarem para o nosso quarto, o garoto insiste muito e Everett acaba aceitando ele como seu novo assistente interdimensional, e ambos começam uma viagem abusando dos pulos dimensionais para tentar chegar na ilha Aisle, onde existem boatos de um laboratório de estudos do multiverso. Everett quer ir até está ilha e investigar os vários incidentes que tem acontecido lá.

Puzzles no multiverso

What Lies in the Multiverse - Puzzle
Caixas na neve se tornam blocos enormes de gelo, cuidado ao empurra-las

What Lies in the Multiverse é um jogo de plataforma em 2D de Puzzles, os controles do jogo são simples e a jogabilidade é bem fluída. Basicamente os controles consistem em você pular, empurrar e carregar caixas, ativar switches enquanto fica alternando de universo em universo.

O interessante neste jogo é que em cada um dos capítulos, você vai ter um novo universo, e cada um deles tem você tem uma alteração completa no cenário e nos acontecimentos dele. Por exemplo, no prologo você pode ver a diferença entre universo onde os monges estão la, tudo esta construído, completamente arborizado, verde e com uma visão bela das montanhas, mas quando você alterna o universo, você tem um lugar destruído pelo tempo, com as caveiras dos jovens monges e um local totalmente abandonado. Essas transições fazem cada capitulo ter uma jogabilidade única.

Pixel Art de encher os olhos

O jogo tem aquele gostinho retro de jogos Indies em pixel art, mas não pense que isso vai retirar a beleza que What Lies in the Mutiverse pode te mostrar, o jogo trás incríveis paisagens mescladas a alteração de universo. Em cada um dos capítulos, Everett te da acesso um universo secundário único, da música até cada detalhe do secundo universo é muito bonito. A intensificação na utilização das cores expressa muito bem cada universo, da escolha das cores até a trilha sonora que, mesmo simples, deixa um pouco mais imersivo em cada universo.

Afinal, vou gostar do multiverso?

Parada pro café
Mas antes, uma parada pro café

Mas vamos ao que interessa, What Lies in the Multiverse vale a pena? A resposta é simples, vale sim! Ao entregar puzzles simples e um pouco repetitivos no inicio, porém divertidos, a dinâmica do multiverso trás para cada capitulo uma nova mecânica, sendo cada um deles totalmente único. O jogo também trás uma visão finita da vida, onde, por várias vezes você encontrará anotações de pessoas que, em outro universo não tiveram a mesma vida pacata e feliz que apresentaram no universo principal. O jogo tenta equilibrar os momentos mais densos com um enredo divertido, bem humorado e demonstrando o lado humano e sua fragilidade.

Acampamento
Oi, eu sou o garoto, posso me sentar com vocês?

O jogo tem em média 8 horas de campanha e diverte do começo ao fim, alguns puzzles poderiam ser mais elaborados para pedir um pouco mais do jogador, mas a simplicidade acaba dando mais tempo de você fazer parte da história. What Lies in the Multiverse é um jogo publicado pela Untold Tales e está disponível para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X|S, Nintendo Switch e PC.

Leia Também:


Ouça nosso último podcast OTGCAST #74 – Vamos falar sobre Cavaleiro da Lua

Eu estou sempre jogando. Temos LIVE toda quarta, sexta e sábado às 22:00 na TWITCH. Estamos finalizando Bloodborne, a votação para o próximo jogo estará aberta no Instagram no dia 25 de maio. Podem me chamar na PSN também, estamos jogando a Ladder do Diablo 2 Resurrected no PS4. Abraço pra todo mundo e FUI!

Perfil da PSN e logo do Xbox e Steam
Minha PSN

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Pedro Hilário
Nerd, gamer, amante de HQs, filmes de terror, colecionador de CDs de bandas que ninguém conhece, barman e Streamer. Prazer, eu sou Hilário.
Artigos: 384
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários