Mercado Gamer | Como os games impactaram a economia nos últimos anos? Vale a pena investir nesse mercado?4 minutos

Muitos ainda se perguntam sobre o impacto do mercado gamer na economia. Quem responde são os números, e eles impressionam. Só nos Estados Unidos, um dos maiores consumidores do mundo, essa indústria gera quase 500 mil empregos.

Hoje, esse segmento abre mais postos de trabalho do que:

  • Indústria do cinema; 
  • Música;
  • Produção de plásticos. 

E quem realiza uma pesquisa de mercado sobre o assunto, descobre números ainda mais surpreendentes. Segundo a Entertainment Software Association, o mercado gamer já pagou mais de 90 bilhões de dólares em impostos. Se esse valor for convertido em moeda brasileira, o montante chega a quase 500 bilhões de reais.

Investir no mercado gamer também é interessante para quem busca maiores salários. Mesmo nos Estados Unidos, a média de rendimentos alcança os 90 mil dólares por ano.

Como os games impactaram a economia nos últimos anos e vale a pena investir nesse mercado?

Além disso, é um segmento que cresce independentemente de crise. Mesmo o impacto negativo na economia causado pelo coronavírus não atingiu o mercado gamer. Como milhões de pessoas permaneceram muitos meses em casa, as vendas de jogos cresceram mais ainda nesse período.

Vale a pena investir no mercado gamer?

A resposta é sim.

Sob todos os aspectos, é um segmento que vale muito a pena e oferece oportunidade para diferentes níveis. Globalmente, a receita gerada pelo mercado gamer deu um salto de 104 para 120 bilhões de dólares somente de 2019 para 2020.

Quem deseja uma fatia desse montante pode começar de várias formas. A primeira delas, claro, é se tornar um jogador profissional. Cada vez mais jovens estão a fazer pequenas fortunas somente por meio do videogame. Esses verdadeiros atletas digitais conseguem retirar boa parte de sua renda em campeonatos de e-sport. Há jogadores que já acumularam, em prêmios, valores acima dos 15 milhões de dólares.

Entretanto, não somente eles faturam. Como esses campeonatos são realizados até mesmo em estádios, há um planejamento comercial para que produtoras de games e patrocinadores possam faturar ainda mais. 

Mesmo jogadores sem alta performance podem viver apenas com a renda proveniente dos games. Isso graças a plataformas de streaming, como a Twitch. E nem é preciso ser muito habilidoso. Jogadores engraçados e que apenas divertem o público conseguem uma renda por meio de patrocínios, adsense e muito mais.

Já quem não tem talento para jogar, pode investir no desenvolvimento de games. Essa área talvez seja a mais abrangente. Há vagas para roteiristas, designers, gestores de projetos e desenvolvedores.

Além disso, quem é empreendedor pode conhecer sobre o mercado gamer e produzir jogos específicos para cada nicho, o que pode até mesmo incluir clientes corporativos

Basta investir em ferramentas como o CRM para se relacionar ainda melhor com o público-alvo. Esse software pode oferecer informações valiosas sobre o que desejam as pessoas que consomem os games.

Quem passa a entender o fluxo do mercado gamer verifica que há muito espaço para títulos que vão além de Call of Duty ou jogos que necessitam de um PC superpotente. As versões para mobile, de games mais simples, têm um mercado ainda maior. Afinal, cada smartphone pode ser transformado em um console portátil.

A indústria do videogame também impacta outras áreas. Além de impulsionar a venda de celulares, toda a cadeia de desenvolvimento de softwares e o design de interface, até mesmo a manufatura de móveis sob medida para gamers cresceu nos últimos anos.

Portanto, já está mais do que provado o impacto – positivo – do mercado gamer. E quem investir nele vai conseguir excelentes resultados, sobretudo em um futuro próximo. Afinal, a tecnologia está cada vez mais avançada e acessível, e fatores como o 5G apenas aceleram esse processo.

Continue lendo no OtaGeek:

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Riuler Luciano
Jornalista Cultural, Analista de Inbound Marketing e Branding, cresceu lendo quadrinhos dos X-MEN é amante de Cultura Pop e Pequi!
Artigos: 89
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários