Filme “Por que você não chora?” traz para o debate suicídio, depressão e saúde mental3 minutos

Longa de Cibele Amaral, “Por que você não chora?” chega aos cinemas no dia 9 de setembro, estrelando Barbara Paz e discutindo temas como saúde mental e suicídio.

O filme “Por que você não chora?”, dirigido por Cibele Amaral, estreia no próximo dia 9 de setembro nos cinemas selecionados e nas plataformas de streaming com distribuição da O2 Play, trazendo para o debate temas como o suicídio, depressão e saúde mental. Estrelado por Bárbara Paz, Elisa Lucinda, Maria Paula e Carolina Monte Rosa, a trama mostra a relação entre uma cliente e sua terapeuta e abriu o 48o Festival de Gramado, recebendo elogios da crítica e foi selecionado para festivais internacionais.

Veja o trailer: 

Trailer de “Por que Você Não Chora?”

A data escolhida para o lançamento nos cinemas coincide com as campanhas promovidas por entidades em torno do Setembro Amarelo e ainda do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, no próximo dia 10. “A discussão sobre diversidade de raça e gênero, felizmente, ganhou espaço na sociedade atual, porém, a diversidade psíquica não. O estigma que envolve a doença mental, ou emocional, é gigante. E o autoestigma. O medo de expor um quadro de síndrome ou transtorno mental é uma barreira para a aceitação de pessoas diferentes dentro da nossa sociedade”, avalia a diretora.

“Por que você não chora?” leva para as telas as experiências de Cibele Amaral enquanto psicóloga estagiária no Instituto de Saúde Mental (ISM) em Brasília (DF).

“O filme é baseado em experiências pessoais, familiares e profissionais. Meu irmão apresentava ideação suicida, alguns diálogos do filme são conversas que tive com ele. Infelizmente, ele faleceu em dezembro de 2020, deixando um grande vazio. Já a protagonista, Jéssica, é inspirada em colegas de faculdade. Eu me formei em 2017, em psicologia e muitas colegas eram do entorno de Brasília, cidades pequenas, rurais”, conta.

Bárbara Paz em Por que você não chora?, em um parque de diversões

Sinopse

Jéssica, menina de origem humilde que veio do interior para estudar na Capital, se depara com um novo mundo durante o estágio na faculdade de psicologia, quando passa a atender Bárbara, diagnosticada com Transtorno de Personalidade Borderline. Jéssica é séria demais. enquanto Bárbara é uma bomba relógio. Jéssica nada sabe de si, Bárbara está sempre em processo de autoconhecimento. Enquanto Bárbara vai ganhando limites e confiança para recuperar sua vida, Jéssica vai descobrindo que nunca teve uma. Todas as perguntas e dúvidas que estavam caladas, de repente irrompem, quebrando as estruturas do caráter de Jéssica. O antigo não serve mais e o novo não existe. É um lugar de vazio, de nada. Feminino e forte, sobre a vontade de viver ou morrer, “Por que você não chora?” aborda o controverso tema do suicídio.

Leia também:

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Paulo Miranda
Nascido e criado no Rio de Janeiro, 20 anos, sou formado em inglês e um estudioso de cultura pop. Sempre tentando buscar e compreender os movimentos que movem a cultura nerd, Atualmente colunista do Otageek e futuro estudante de literatura inglesa.
Artigos: 76
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários