Paciente 63 estreia como o podcast mais escutado no Spotify2 minutos

Paciente 63 estreia como o podcast mais escutado no Spotify.A áudiossérie original de ficção científica é número 1 no Top Podcasts Brasil.

A recém-lançada áudiossérie de ficção Original Spotify Paciente 63 ocupa o primeiro lugar entre os podcasts mais ouvidos no Spotify, desde segunda, três dias após sua estreia, segundo o Top Podcasts Brasil. Além disso, Paciente 63 é também número 1 entre os podcasts mais populares na categoria de ficção, como se vê em Top Podcasts de Ficção, no serviço.

A áudiossérie Original Spotify, tem roteiro original de Julio Rojas e é protagonizada por Mel Lisboa e Seu Jorge. Mel Lisboa é Elisa Amaral, uma psiquiatra que grava as sessões de um enigmático paciente. Seu Jorge dá voz a esse paciente, registrado como o Paciente 63, que diz ser um viajante no tempo. O que começa como sessões terapêuticas de rotina se transforma rapidamente em um relato que ameaça as fronteiras do possível e do real. Uma história que transita entre o futuro e o passado de dois personagens que podem ter nas mãos o futuro da humanidade.

Mel Lisboa e Seu Jorge, em estúdio gravando a audioserie Paciente 63  - Otageek
Mel Lisboa e Seu Jorge

Paciente 63 estreou todos os 10 episódios na quinta, 22 de julho, grátis, só no Spotify.

Leia também:

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Leonel Brito
Um estudante de jornalismo que ama séries, filmes, livros, HQs, documentários, animações, podcasts, música e fotografia.
Artigos: 75
Se inscrever
Notificar de
guest
3 Comentários
Mais velho
Mais novo Mais votado
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

[…] Paciente 63 estreia como o podcast mais escutado no Spotify […]

[…] Paciente 63 estreia como o podcast mais escutado no Spotify […]

[…] Paciente 63 estreia como o podcast mais escutado no Spotify […]