Crítica | Eu Nunca… amei tanto uma série assim!6 minutos

Chegando com sua segunda temporada, Eu Nunca... só melhora em suas qualidades, com um humor incrível e um drama muito palpável.

Se você é conhecedor das séries teens da Netflix, é bem provável que já tenha assistido Eu Nunca… (ou Never Have I Ever).

Chegando muito bem aclamada em sua segunda temporada, a série mistura drama e comédia na medida certa enquanto nos leva por um passeio na vida de uma adolescente indiana-americana que faz escolhas bem questionáveis.

Criada por Lang Fisher e Mindy Kaling (sim! A Kelly Kapoor de The Office), a série foca na vida da adolescente Devi e sua busca por subir na pirâmide social depois de um primeiro ano difícil no colégio.

O trio Fabiola, Devi e Eleanor, de Eu Nunca
Eu Nunca… conheci tanta gente louca!

Inspirada na adolescência da própria Mindy Kaling, Eu Nunca… consegue ser superengraçada graças às situações absurdas que Devi vivencia, sem deixar de lado o drama de uma adolescente que está aprendendo a lidar com a perda recente de seu pai.

Chegando em sua segunda temporada, a série ainda consegue o feito de se superar, trazendo ainda mais temas para serem discutidos enquanto Devi vai tomando decisões cada vez mais questionáveis e caóticas, recheando o humor com momentos absurdos de vergonha-alheia.

Devi e um quadro de pros e contras dos seus namorados em Eu Nunca
Eu Nunca… tive que escolher entre dois namorados.

Um dos maiores acertos dessa nova temporada é, sem dúvidas, o grande salto de desenvolvimento que a grande maioria dos personagens tem. Sendo surpreendente para uma série com apenas 10 episódios de 30 minutos, Eu Nunca… vai se dando tempo para trabalhar no desenvolvimento dos personagens.

Além disso, precisamos destacar como a série consegue fugir de diversos estereótipos em diversos níveis de sua trama tão cheia de representatividade. Ela consegue apresentar personagens únicos, cheios de personalidade e que ainda assim trazem uma representatividade necessária para contar uma história de ensino médio.

O Elenco

Além da trama tão bem construída, mesclando muito bem os elementos de comédia e drama, Eu Nunca… também vai te conquistar com o elenco incrível e super carismático. Damos aqui um grande destaque para Maitreyi Ramakrishnan (Devi) e os seus interesses românticos na série, Jaren Lewison (Ben) e Darren Barnet (Paxton).

Como dito anteriormente, nessa temporada nós vamos tendo um maior desenvolvimento dos personagens, então acabamos vendo o elenco muito mais afiado. Darren Barnet, que ganha um episódio inteiro focado em seu personagem, também merece muitos elogios por conseguir captar muito bem o desenvolvimento de Paxton Hall-Yoshida e suas mudanças.

Devi e seus namorados Ben e Paxton em Eu Nunca.
Eu Nunca… tive que enganar esses dois namorados.

Também temos mais foco para personagens que acabaram em um papel mais secundário na temporada anterior, com Ramona Young (Eleanor) e Lee Rodriguez (Fabiola) tendo mais oportunidades nos holofotes, enquanto suas personagens desenvolvem mais personalidade em tramas novas.

Poorna Jagannathan (Nalini) e Richa Moorjani (Kamala) voltam ainda mais incríveis, agora sendo levadas pela trama para novos conflitos internos e externos, ao passo que vamos acompanhando as duas encarando questões como o machismo e o enfrentamento ao luto.

Devi, sua prima Kamala e sua mãe Nalini.
Eu Nunca… tive uma prima tão inteligente!

Sendo uma série de comédia, também é necessário deixar aqui um elogio marcado para o timing do humor e como o elenco inteiro consegue se adaptar a uma comédia inspirada em séries sitcom clássicas, com por exemplo The Office, cheia de situações absurdas e muito non-sense.

Eu Nunca… pedi tanto uma renovação

Analisar Eu Nunca… pode acabar sendo algo como chover no molhado, visto que a série consegue ter uma boa consistência em dividir essas boas qualidades entre os personagens. Seja no desenvolvimento, na construção de novas tramas ou no enfrentamento de questões internas, os personagens e a história recebem um cuidado louvável.

A série consegue muito facilmente entrar numa lista de melhores séries teen atuais, entregando uma história que, apesar de ser um clichê sobre adolescentes buscando ascensão social, consegue ganhar um novo gosto por suas características singulares.

Devi e sua mãe Nalini na série da Netflix.
Eu Nunca… precisei pedir desculpas por ter stalkeado minha própria mãe.

Eu Nunca… é no geral uma série muito divertida, com personagens bastante carismáticos e uma trama interessante, que vai te prender já nos primeiros episódios.

Uma série teen que todo apreciador de séries teen precisa assistir, ela consegue se destacar nos momentos cômicos, que são MUITO cômicos, sem deixar de lado o drama da vida de uma adolescente em constante embate consigo mesma.

Servindo muito desenvolvimento de personagem, Eu Nunca… com toda certeza vai te fazer escolher um lado na torcida de Time Ben contra Time Paxton, além de chorar junto com a Devi nos momentos em que a adolescente reflete sobre suas escolhas duvidosas quando resolvendo problemas – sendo esses os problemas nos quais ela mesma acaba se metendo.

As amigas Devi, Eleanor e Fabiola.
Eu Nunca… namorei um ator adolescente tóxico.

Uma super indicação… ficamos aqui ansiosos, aguardando algum parecer da Netflix sobre renovar a série para um terceiro ano. Eu Nunca… fiquei tão apaixonado por uma série assim, e vocês?

Lembrando aqui que é possível encontrar a obra e suas duas temporadas na Netflix!

Leia também:


E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Robertho Costa
Um cactinho paraibano. Jornalista Cultural, Escritor de contos e poemas (ou pelo menos tentando ser), apaixonado por cultura pop e definitivamente um grande fã da Feiticeira Escarlate.
Artigos: 73
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Acompanhe o Otageek nas redes sociais

pt Português
X