Mês do Rock | Weissguy e seu relato sobre A Década do Rock – Resenha4 minutos

A editora Belas Letras publicou aqui no Brasil, em 2020, o melhor livro que um fã de rock poderia querer: o livro de fotografias escrito por Mark Weiss, A Década do Rock.

Mark “Weissguy” Weiss foi um dos principais fotógrafos no cenário do rock dos anos 80. Começou a fotografar na juventude, quando invadia alguns shows e tirava fotos sem permissão. Em seguida, vendia para os colegas de escola por um ou dois dólares. E esse foi o início de uma carreira muito bem-sucedida.

Ozzy Osbourne e Mark Weiss - Resenha do livro de Weissguy - Otageek
Ozzy Osbourne e Mark “Weissguy” Weiss.

Antes que pudesse perceber, Mark estava trabalhando para as principais revistas especializadas da época, e suas fotos eram requisitadas para matérias de capa.

Ok, mas o que é realmente tão bom nesse livro? Duas coisas: as histórias e as fotos, é claro.

1980 através de lentes e palavras

Todo o livro é narrado (e escrito) pelo próprio Weiss, que conta sua trajetória profissional e suas experiências. Ademais, permite-nos conhecer e visualizar artistas já consagrados em seus anos iniciais, nos bastidores de um show ou sem jeito em uma sessão de fotos.

Dessa forma, Weiss nos convida a ver esses artistas de um modo intimista, ao nos contar sobre momentos particulares com eles ou narrar conversas reais. E junto a cada história, vem imagens. Fotos tiradas por Mark de diversas bandas. A combinação de momentos e fotos nos leva em uma imersão incrível, afinal, parece que estamos em plena década de 80, olhando de pertinho a história acontecer.

Assim, essa obra captura (literalmente) de forma única a essência do rock and roll em seu auge. Através de Mark Weiss, podemos conhecer um lado mais pessoal de nossos ídolos, descobrindo histórias e acontecimentos surreais e por vezes muito engraçados. Temos bandas e artistas como Ozzy Osbourne, Guns n’ Roses, Bon Jovi, Twisted Sisters, AC/DC, Iron Maiden, Kiss, Aerosmith e provavelmente qualquer outra banda da época que você possa lembrar.

A Década do Rock no papel

O livro é muito bem divido e organizado, tendo seções para cada ano da década e legenda em todas as imagens para que não fiquemos perdidos. Tudo bem, A Década do Rock é um livro bem grande, mas ele apenas tem o tamanho necessário para caber tanta grandiosidade. E se você achou a capa externa bonita, a interna é de cair o queixo.

  • Capa externa do livro A Década do Rock - Resenha - Otageek
  • Capa interna do livro A Década do Rock - Resenha - Otageek
  • Capítulo do livro de Mak Weiss - Resenha - Otageek

Por fim, a editora Belas Letras fez um trabalho incrível na edição, descobrindo a melhor maneira de trazer até nós essas imagens imperdíveis com a melhor qualidade, em sincronia a um relato sem censura e de primeira mão de uma das melhores décadas do rock.

Assim sendo, você pode conferir essa edição de A Década do Rock no site da Belas Letras, clicando aqui!

Continue lendo no Mês do Rock:


E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Nathalia Mendes
Artigos: 46
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Acompanhe o Otageek nas redes sociais

pt Português
X