Disney+ | Sylvie, Loki e o Amor6 minutos

A série original Disney+ Loki está disponível exclusivamente na plataforma com novos episódios todas as quartas-feiras. Além disso, o Disney+ anuncia promoção com assinatura a R$1,90 no primeiro mês. Válida de 01 a 07 de julho para novos assinantes. Para mais informações acesse: www.disneyplus.com. Mas hoje vamos falar do efeito de um outro Loki, a Sylvie.

Loki e Sylvie se encaram em cena do episódio 3 da série Loki, do Disney+. Otageek
Coração quentinho

ATENÇÃO: ESTE ARTIGO PODE CONTER SPOILERS

Recentemente na história, Loki (Tom Hiddleston) se encontra preso em um apocalipse com a pessoa menos desejada: A Variante (Sophia Di Martino). Apresentada nos últimos minutos do segundo episódio e autonomeada “Sylvie”, A Variante é uma fugitiva e uma espécie de Loki alternativo.

É uma das personagens mais relevantes para se juntar à história e, sem dúvida, sua presença irá impactar o enredo e o arco narrativo dos diferentes personagens. “Ela é uma outra versão de Loki, mas era importante ter certeza de que ela era única porque ela é a Sylvie, não Loki”, explica Di Martino.

Sylvie acena para Loki em episódio 2 da série Loki Disney+ Otageek
Ela é o momento, galera!

Ainda há pouca clareza sobre a identidade e os objetivos de Sylvie, mas no episódio “Lamentis”, Loki e sua nova companheira de viagem se encontram embarcando em uma jornada por uma paisagem desolada, com a esperança de poder escapar antes da aniquilação.

Enquanto eles trocam anedotas, verdades, mentiras e muito mais, a conversa gradualmente leva a um tópico pouco abordado em relação a Loki: o amor.

O que é o amor?

Em uma cena reveladora, após compartilhar experiências da infância e suas relações com as respectivas mães, a dupla começa a trocar hipóteses sobre o verdadeiro significado do amor.

“Talvez o amor seja ódio….”, reflete Sylvie. Loki parece não estar muito convencido e confessa precisar “de uma outra bebida para elaborar”. Algum tempo depois, e depois de algumas bebidas, chega a uma conclusão que traz a sua marca: “O amor é uma adaga. É uma arma que pode ser empunhada longe ou perto. Você pode se ver nela. É bonita. Até que te faz sangrar. Mas, por fim, quando você pega… “, “…não é real

O amor é uma adaga imaginária”, completa A Variante, antes de admitir que se trata de uma “metáfora terrível”. A troca cômica e irônica mostra que Sylvie não está disposta a cair nos truques e armadilhas de Loki, mas também revela a química que, sem dúvida, em existe entre eles.

Por trás de uma frase

Em relação a esta “metáfora terrível” dita por Loki, Tom Hiddleston concorda que é o resultado da espontaneidade, mas ao mesmo tempo revela sua experiência com o amor.

“Até agora, ele não esteve perto do amor. Para ele, o amor é uma espécie de ilusão na qual ele confiou e foi decepcionado”, observa Hiddleston.

Por sua vez, o diálogo dá a Sylvie a oportunidade de desviar a pompa do Deus da Trapaça. “Ele sempre diz coisas que pensa serem profundas, mas, na realidade, não são particularmente profundas”, completa Hiddleston.

Loki e Sylvie parados lado a lado no planeta Lamentis Otageek
Ah, fala sério, eles ficam lindos juntos!

Já o roteirista principal de Loki, Michael Waldron, afirma que a frase tem um elemento de romantismo, considerando que trabalhou naquele episódio poucos dias após o seu casamento.

“É interessante porque este episódio é provavelmente o mais romântico da série. Ao mesmo tempo, como Loki bebeu naquela cena, senti mais liberdade para escrever algo sem pensar muito sobre o que ia dizer. Segui meu impulso: ‘O amor é uma adaga’. E, felizmente, como muitas das metáforas de Loki, funciona muito bem”, explica Waldron.

Sylvie e Loki, um só coração

“Duas Variantes do mesmo ser, especialmente você, formando esse tipo de relacionamento romântico doentio destorcido? Isso é puro caos! Isso pode quebrar a realidade! Está quebrando a minha realidade agora mesmo. Mas que incrível narcisista avassalador. Você se apaixonou por si mesmo!”. Isso é o que Mobius praticamente grita no último episódio de Loki da Marvel Studios.

“Esse foi um dos pontos cruciais da minha proposta [para a série], que haveria uma história de amor”, explica o roteirista principal Michael Waldron. “Ficamos indo e voltando por um tempo, como se realmente quiséssemos que esse homem se apaixonasse por outra versão de si mesmo. Isso é muito louco? Mas em uma série que, para mim, é sobre amor-próprio, a autorreflexão e o auto perdão, achei que estava tudo bem esta ser a primeira história de amor real de Loki”.

Loki e Sylvie relaxam sentados durante o fim do planeta Lamentis Otageek
Silêncio, as variantes estão descobrindo o amor.

A história de amor de Loki e Sylvie tem um começo apocalíptico, pois é aí que os dois começam a se relacionar. Presos em uma lua à beira da destruição total, os dois são obrigados a trabalhar juntos para encontrar uma maneira de sair desta situação, apenas para vê-la fracassar completamente diante de seus olhos.

Enquanto a lua literalmente desmorona ao seu redor, Sylvie coloca uma mão no braço de Loki, e quando isso acontece, cria-se uma ramificação na Linha do Tempo Sagrada. Estes dois Lokis estão tendo um momento que nunca deveriam ter, que, como diz Mobius, é “puro caos”.

Loki e Sylvie pousam para câmera em pose heróica Otageek
Imbatíveis e Caóticos.

“O olhar que compartilham, nesse momento, [começou como] uma amizade que floresce”, continua Waldron. “Então, pela primeira vez, os dois sentiram aquela pontada de ‘Ah, será que poderia ser algo a mais? O que é isso que estou sentindo?’ Estes são dois seres de puro caos que são a mesma pessoa que se apaixonam um pelo outro”.

Infelizmente, o resgate deles os leva ao cativeiro imediato na Autoridade de Variância Temporal (AVT). Para onde irá o vínculo entre Loki e Sylvie? Que novas frases o Deus da Trapaça dirá para nós? Os próximos episódios darão todas as respostas.

Loki está disponível exclusivamente no Disney+ com novos episódios todas as quartas-feiras.

Leia Também:

E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Rafael Urpia
Jornalista baiano em formação, descubro o mundo e navego do geek ao místico (passando por um bom kpop) por puro prazer!
Artigos: 27
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários