Crítica | The Midnight Gospel é uma experiência única3 minutos

Eu poderia entrevistar você para... meu SpaceCast?

The Midnight Gospel é uma série animada da Netflix produzida por Pendleton Ward, roteirista de Hora de Aventura, e Duncan Trussell, comediante americano conhecido pelo seu podcast “The Duncan Trussell Family Hour“.

O desenho consiste em 8 episódios protagonizados pelo jovem Clancy, que tem o SpaceCast no qual faz podcasts espaciais. Por meio de um simulador, ele consegue viajar por mundos diferentes, encontrando zumbis, homens com cabeça de aquário, a morte, cervos-cadela, entre vários outros.

O jovem então passa a entrevistar todas essas diversas e memoráveis criaturas. Com pensamentos filosóficos retirados diretamente de cortes realizados do Podcast de Duncan. Temas como drogas, vida, morte, existência, amor e o que mais o seu coração abstrair.

Personagem de Midnight Gospel ouvido podcast - Otageek

Agora, devidamente apresentados, vamos às explicações dos motivos desse ser um dos melhores lançamentos no universo dos desenhos existentes. Além de um dos melhores lançamentos da Netflix de todos os tempos. The Midnight Gospel foi uma total experimentação: nunca foi feito antes um desenho em cima de um podcast.

The Midnight Gospel simplesmente ignora tudo isso e coloca pra você 20 a 30 minutos de toda a psicodelia, criatividade e ritmo de Hora de Aventura. E ainda vai além, a animação faz você digerir tudo isso enquanto houve cerca de 20 a 30 minutos de conversa pesada e filosófica retirada de um podcast comum.

Cena de Midnight Gospel - Otageek

Nos primeiros momentos você pode até não gostar desse ritmo acelerado, mas aos poucos isso vai te agradando, e o fato de você ter que voltar um pouco às vezes não se torna um empecilho extra.

A forma como essa animação foi feita não transparece que é apenas um “podcast animado”: todos os personagens tem caraterísticas especiais, e tudo parece ter sido feito com um carinho e amor absurdos.

The Midnight Gospel é uma experiência que causa sensações únicas: tem músicas lindas, uma animação perfeita e temas pertinentes. É instigante e te faz querer assistir sequencialmente cada um dos episódios.

A série me fez ter interesse até pelo podcast original, que parece ser fenomenal. Por isso, além de uma crítica é recomendação para todos vocês, e um apelo para assistirem e com isso a série possa ser assim continuada.

Eu poderia terminar apenas dando uma nota , ou até quem sabe colocando uma frase de algum dos personagens incríveis, mas vou apenas pedir que deem uma chance para animação. Nada do que eu disser para finalizar esse texto será tão incrível quanto a sua experiência.

Texto originalmente postado em Abril de 2020, por Ian Paranhos.

Leia também:


E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Leonel Brito
Um estudante de jornalismo que ama séries, filmes, livros, HQs, documentários, animações, podcasts, música e fotografia.
Artigos: 10
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Acompanhe o Otageek nas redes sociais

pt Português
X