Crítica | Jogue ‘Revita’ e recupere suas memórias na torre do relógio5 minutos

Revita é um roguelike feito por um homem só, Benjamin Kiefer.

Quando eu li sobre o jogo, fui procurar um pouco mais sobre ele e adivinha… eu acabei foi encontrando o Shampoo Revita, mas não, Revita é um jogo de tiro em plataforma de ação estilo roguelike que foi lançado em acesso antecipado agora em março.

O jogo é desenvolvido pela BenStar (o desenvolvedor solo Benjamin Kiefer) e publicado pela Dear Villagers. Ele entrega uma jogabilidade fervorosa que vai sendo construída enquanto você tenta derrotar seus inimigos, sobreviver à torre e recuperar suas memórias perdidas.

Memórias perdidas e corações trocados

A história do nosso protagonista e seu passado são totalmente desconhecidos. Ao sair do metrô e entrar na Torre do Relógio, ele nem mesmo sabe o porquê de estar lá. No decorrer de Revita, você pode adquirir corações e trocar um pouco da sua vida por melhores habilidades. Porém, tome cuidado, pois se você morrer, vai voltar e voltar bastante. E o restante é como as memórias dele: só jogando pra descobrir.

Revita personagem em combate
As salas são pequenas e cheias de monstros, crie sua estratégia para sair vivo delas.

Nada neste mundo é de graça

Como um bom roguelike, Revita vai fazer você morrer, e morrer, e morrer, e quando cansar, morrer mais uma vez. Mesmo com uma jogabilidade excelente, que responde bem à dificuldade do jogo, você vai tomar muitos ataques até se acostumar com o padrão.

Agora não pense que o jogo vai ser sempre igual, esqueça aquelas “builds” prontinhas. Revita usa um tipo similar de método que a SuperGiant Games utilizou em Hades: cada vez que você jogar vai te dar a chance de mudar bastante, já que você vai achar itens e power ups diferentes.

Revita NPC tenta convencer o jogador a desistir de ter suas memórias novamente.
Muitos vão tentar te desencorajar, mas apenas os bravos chegarão ao fim da torre.

Outra coisa que me intrigou bastante foi o fascínio com o “sacrifício”. Nós sabemos que esse não é o primeiro roguelike com esse conceito, porém, Revita leva o sacrifício do seu corpo e alma de um modo bem literal mesmo. Ele joga na sua cara que “nada neste mundo é de graça”… praticamente tudo nesse jogo vem com um preço que, claro, é a sua vida.

Além de tudo, Revita também possui gráficos belíssimos, que chamam a atenção do jogador: as cutscenes e a própria gameplay possuem cores vivas no meio de tanto caos. Também é importante falar sobre a quantidade de elementos na tela durante o combate: mesmo sendo muitos, eles não poluem a visão do jogador.

Cuidado com os chefes, eles só parecem fáceis.

A jogabilidade é extremamente precisa e intuitiva, você vai sendo obrigado a melhorar suas habilidades em desviar dos inimigos e atirar durante os pulos. O jogo utiliza o que chamam de twin-stick, que é quando você joga utilizando os dois analógicos do controle. As salas apertadas e lotadas de inimigos não param, então é melhor ter seus dedos prontos para a ação.

Leia Também:

Revita, o jogo feito por um homem só, não é apenas mais um roguelike: ele é desafiador, divertido e com uma trilha sonora tão sombria quanto as memórias que queremos encontrar. O gerenciamento de risco que você vai fazer entre sacrificar sua vida para ser mais forte é o ponto impactante na obra.

Se você já tem costume com esse estilo de jogo, arrisque-se mais. Cada nova investida na torre é uma nova aventura, então ouse, crie novas builds e tenha suas memórias de volta. E como diria Benjamin Kiefer:

“Esse jogo é uma carta de amor para os jogadores de plataforma de ação, roguelikes, jogos twin-stick…”

Benjamin Kiefer, desenvolvedor e criador do jogo Revita.

Aproveite também e compre pela Amazon. Dê aquela moral pra gente comprando pelos nossos links!

Ouça nosso último podcast: OTGCAST #57 WandaVision – Vamos falar sobre.

Eu estou sempre jogando. Temos LIVE toda quarta, sexta e sábado às 22:00 na TWITCHPodem me chamar na PSN também. Abraço pra todo mundo e FUI!

Minha PSN


E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Pedro Hilário
Nerd, gamer, amante de HQs, filmes de terror, colecionador de CDs de bandas que ninguém conhece, barman e Streamer. Prazer, eu sou Hilário.
Artigos: 80
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Acompanhe o Otageek nas redes sociais

pt Português
X