Resenha | Revivendo a época de ouro de Hollywood com ‘Os Sete Maridos de Evelyn Hugo’4 minutos

O que você faria se uma lenda viva do entretenimento te propusesse a escrever sua biografia? Assustador, não é mesmo? Mas essa é a proposta de ‘Os Sete Maridos de Evelyn Hugo’.

Nesta dramédia, acompanhamos a jornalista Monique Grant enquanto desvenda os mistérios da vida da grande estrela do cinema Evelyn Hugo. A atriz decide contar todos os detalhes de seus inúmeros casamentos e a narrativa se encaixa naquele bom e velho ditado: “nem tudo é o que parece”.

O livro é escrito pela romancista norte-americana Taylor Jenkins Reid, conhecida por ‘Amor(es) Verdadeiro(s)’ e ‘Depois do Sim’, e publicado no Brasil pela editora Paralela, da Companhia das Letras.

Após Evelyn revelar seu plano, surgem vários questionamentos na mente do leitor, assim como na da jornalista. Mas a estrela explica que depois que ela terminar de contar sua história, não restará nenhuma dúvida.

O livro intercala acontecimentos da vida de Evelyn com a realidade de Monique. Afinal, ela também tem seus problemas e pendências a serem resolvidas.

a autora Taylor Jenkins Reid posando com uma roupa branca e uma blusa branca. Otageek
A romancista Taylor Jenkins Reid.

A leitura é fluida e nos faz viajar nos bastidores do showbiz da década de 50, quando Hugo iniciou sua carreira no cinema. Ao acompanharmos todos os seus passos, percebemos que a vida da estrela nem sempre foi fácil e que ela batalhou muito para conquistar seu espaço e se eternizar como uma das maiores estrelas de todos os tempos.

É impossível não se emocionar com a história de Evelyn. São inúmeros momentos de alegria, mas também de muitas dores e perdas. E mesmo com os períodos de seriedade, é difícil largar a leitura. A história instigante faz você querer ler até o final para descobrir tudo sobre a vida fascinante de Hugo.

A atriz é uma mulher de muita força e garra, assim como todas as mulheres que já enfrentaram alguma situação narrada em ‘Os Sete Maridos de Evelyn Hugo’. Imagino que muitas das situações dos bastidores aconteciam de fato na época, o que deixa tudo com um ar de tristeza ainda maior.

Quem é fã da época de ouro de Hollywood não deixa de notar as referências às atrizes daquele tempo. É difícil não lembrar de Marilyn Monroe (que eu imagino ser uma das inspirações para a aparência da personagem, assim como a Rita Hayworth), Audrey Hepburn, Greta Garbo, Sophia Loren, Elizabeth Taylor e muitas outras, que inclusive são mencionadas em alguns trechos do livro.

A cada capítulo, conhecemos os maridos da atriz e pouco a pouco vamos montando o quebra-cabeça e entendendo as motivações de Evelyn Hugo. E além deles, conhecemos também o produtor Harry Cameron e a atriz Celia Saint James, passando a ter tanto carinho por eles quanto a narradora.

A silhueta de uma mulher em verde com o título Os Sete maridos de Evelyn Hugo em rosa pink. Otageek
Capa do livro, publicado no Brasil pela editora Paralela.

O livro também traz abordagens interessantes sobre birracialidade e bissexualidade, traçando um paralelo entre os dois casos explanando o preconceito enfrentado por essas pessoas nos Estados Unidos, bem como a expectativa da sociedade em receber algum tipo de explicação ou justificativa por serem quem elas são.  O não pertencimento em uma só comunidade e falta de acolhimento também são assuntos desenvolvidos durante o livro.

Os Sete Maridos de Evelyn Hugo’ é um deleite para quem ama esse mundo da fama e quer mergulhar nos bastidores do showbiz. Ainda que possua períodos tensos, a autora consegue equilibrar com os momentos cômicos sem deixar o livro carregado de lamentações ou excessivamente feliz. E apesar de ser ficção, a história é bem pé no chão. A narrativa humaniza a figura endeusada e idealizada de Evelyn Hugo.

E sim, ao terminarmos a leitura, todos aqueles questionamentos que tivemos no início do livro são respondidos.

Leia mais:

Ficha técnica

Título original: The seven husbands of Evelyn Hugo
Tradução: Alexandre Boide
Capa: Joana Figueiredo
Páginas: 360
Formato: 16.00 X 23.00 cm
Acabamento: Livro brochura
Lançamento: 21/10/2019
Selo: Paralela

E se você se interessou pelo livro e deseja adquiri-lo pela Amazon, utilize nossos links abaixo e nos incentive a continuar produzindo Jornalismo Cultural de credibilidade! O Otageek recebe uma pequena comissão que ajuda a custear as manutenções do site e a trazer cada vez mais melhorias para o projeto!


E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Sabrina Ventresqui
Artigos: 92
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Acompanhe o Otageek nas redes sociais

pt Português
X