Daft Punk anuncia fim após mais de 28 anos de duo3 minutos

Após 28 anos de carreira, os parisienses do Daft Punk anunciam o término do duo com o vídeo "Epilogue". Eles são autores de hits como "Around the World", "One More Time" e "Get Lucky

Daft Punk, a dupla parisiense responsável por muitas das músicas pop dançantes mais famosas já feitas na história, se separaram. Eles anunciaram o fim em um vídeo de 8 minutos chamado “Epilogue”, trecho do filme deles intitulado Electroma, lançado em 2006. Ao perguntarem se é o fim do Daft Punk, a publicitária deles Kathryn Frazier confirmou a notícia ao site Pitchfork, mas não deu nenhuma razão para a separação.

Thomas Bangalter e Guy-Manuel de Homem Christo criaram o Daft Punk em Paris, em 1993, ajudando a definir o estilo de house music francês. Seu álbum de estreia em 1997, Homework, foi um marco na dance music trazendo hits da carreira domo “Around the World” e “Da Funk”.

Capa da trilha sonora do file Tron Legacy
Capa da trilha sonora do filme Tron Legacy

Em seguida, o álbum Discovery, de 2001, levou o duo aos palcos pela primeira vez já fantasiados de robôs, se tornando sua marca registrada. Junto ao segundo álbum vieram hits como “One More Time” e “Harder, Better, Faster, Stronger” apenas consolidando sua fama mundial. Sua marca na imaginação popular continuou mais forte nos anos seguintes, com terceiro álbum Human After All: live LP Alive lançado em 2007 e a trilha sonora do filme Tron: Legacy.

Com mais de 20 anos de carreira, Darf Punk lança outro hit com o single “Get Lucky” que segue como parte do álbum Random Access Memories. O single vendeu milhões de cópias ao redor do mundo e os fez ganhar dois Grammys junto aos dois convidados Pharrel Williams e Nile Rodgers. O single “Lose Yourself to Dance” ainda trouxe mais premiações para Pharrel Williams. Random Access Memories foi o último álbum lançado por eles e os levou a ganhar o Grammy de Álbum do Ano, com uma espetacular performance durante a premiação.

Cena do Clipe Lose Yourself to Dance

“Quando você sabe como uma mágica funciona, ela perde a graça, é tão depressivo. Nós focamos na ilusão porque entregar como tudo é feito instantaneamente quebra a sensação de excitação e inocência.” – Bangalter em entrevista ao Pitchfork em 2013, no Cover Story.

Leia também:

Sua influência na cultura pop é bem maior do que apenas os singles, sua identidade visual mística interestelar, as vozes robotizadas nas músicas e seus figurinos futuristas sempre serão lembrados. Assista o vídeo de despedida da banda e escute a playlist “This is Daft Punk” no Spotify clicando aqui.

Fonte: Pitchfork.com


E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Pedro Hilário
Nerd, gamer, amante de HQs, filmes de terror, colecionador de CDs de bandas que ninguém conhece, barman e Streamer. Prazer, eu sou Hilário.
Artigos: 80
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Acompanhe o Otageek nas redes sociais

pt Português
X