Crítica | Cells at Work!4 minutos

Obra casa muito bem o entretenimento com informação e é uma ótima maneira de aprender Biologia no tempo livre

Baseada no mangá Hataraku Saibou, Cell’s at Work é uma animação completa: ela serve a quem assiste um prato cheio de comédia, ação, belos gráficos, e ainda casa com o ensino da Biologia.

Cells at Work Crunchyroll
Cells at Work – Reprodução Crunchyroll

Confira também:

Sinopse

“Esta é uma história sobre você, um conto que se passa dentro do seu corpo. De acordo com um novo estudo, o corpo humano é composto por aproximadamente 37 trilhões de células. Essas células trabalham muito todos os dias no mundo que é o seu organismo, desde os Glóbulos Vermelhos, que carregam oxigênio, até os Glóbulos Brancos, que combatem as bactérias. Saiba mais sobre esses heróis anônimos e o drama que se desenrola dentro de você!”

Sobre ‘Cells at Work

Como eu disse anteriormente, Cells at Work é um anime completo. A obra casa muito bem o entretenimento com informação e é uma ótima maneira de aprender Biologia durante o tempo livre. Esse anime, inclusive, me ajudou a tirar boas notas em Histologia e Fisiologia na faculdade.

Eritrócito em Cells at Work
Eritrócito em Cells at Work – Reprodução Crunchyroll

A história gira em torno de um eritrócito (glóbulo vermelho), uma das células que carregam oxigênio, e um neutrófilo (glóbulo branco), uma das células responsáveis pela defesa do corpo.

A eritrócito protagonista é um pouco estabanada, mas mesmo assim entrega ótimas cenas cômicas enquanto tenta realizar seu trabalho. E isso tudo sem exagerar na comédia, sendo esse o ponto mais alto do anime: ele sabe transitar muito bem entre comédia e ação.

Além dessas duas células protagonistas, o anime mostra outras com papeis incríveis, como os macrófagos, os linfócitos T e B, as célula NK e as plaquetas, as quais não chamam a protagonista de “onee-san” apenas por educação.

Neutrófilo e Eritrócito em Cells at Work
Neutrófilo e Eritrócito em Cells at Work – Reprodução Crunchyroll

A obra é repleta de personagens interessantes e podemos ver diferentes células entrando em ação a cada episódio. Por exemplo, temos um episódio no qual quem salva o dia não é o neutrófilo, mas sim as plaquetas, enquanto em outro podemos ver como é uma infecção por vírus.

Células infectadas pelo vírus da influenza em Cells at Work
Células infectadas pelo vírus da influenza em Cells at Work – Reprodução Crunchyroll

Além de uma ótima história, o anime também entrega ótimas cenas de ação, das quais aponto outro momento positivo: como os vilões são vírus, bactérias e parasitas, um pequeno texto resumido apresenta o “vilão” e o que ele pode causar no organismo sempre que aparece pela primeira vez.

Como eu disse, as cenas de ação são bem divertidas e também podem ser emocionantes. Após ver o anime, você com certeza vai ficar com pena das células cancerígenas, pois elas não têm culpa de serem o que são.

Repleto de ótimas analogias para as aulas de Biologia, ótimas batalhas e um ótimo senso de comédia, Cells at Work recebe 10/10 no Norman Awards.

Não deixe de assistir o anime e aprender um pouco de Biologia enquanto se diverte! Ele pode ser assistido no Brasil através da Crunchyroll.


E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Norman
Escrevo sobre animes, jogos, séries farofa e jogo uns joguinhos aí na Twitch
Artigos: 42
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Acompanhe o Otageek nas redes sociais

pt Português
X
%d blogueiros gostam disto: