Resenha | A Garota do Lago3 minutos

A Garota do Lago é um suspense policial que alterna entre o presente e o passado, narrando sobre a vida de Becca antes do seu assassinato e a jornada de uma repórter investigativa disposta a escrever uma matéria sobre o caso que chocou a cidade tão pacata e acolhedora de Summit Lake.

“Sem inimigos e nem suspeitos. Apenas uma pessoa cheia de planos que estava viva num dia e, no outro, é encontrada morta”.

A Garota do Lago
Capa do livro A garota do lago com uma menina morta
A garota do lago/ Reprodução

Becca era uma pessoa bem-sucedida, vinda de família rica e estudante de direito na George Washington University. Ela tinha um futuro promissor e fazia planos para trabalhar no escritório de advocacia do pai no futuro. Mas numa noite em que Becca decidiu ir para Summit Lake para estudar, uma tragédia acontece e ela é brutalmente assassinada. Ninguém imaginaria quem seria capaz de fazer isso com uma jovem tão conhecida e querida, pois ela não tinha inimigos.

A dor era lancinante. A visão de Becca ficou embaçada, e a audição, comprometida. Foi quando ele enfiou as mãos frias sob a calça do agasalho esportivo dela. Nesse momento, Becca recobrou a plena atenção. Apesar de estar imobilizada sob o peso do corpo dele, ela o esmurrou e o arranhou ao ponto de deslocar alguns dedos e de as unhas ficarem cobertas de pele e sangue.

A Garota do Lago

Em cena surgem três suspeitos. A investigação começa com sigilo total, a família de Becca era poderosa e queria evitar escândalos. Usando a sua influência para encobrir a investigação e omitir informações importantes sobre o caso.

Uma jornalista investigativa de uma revista famosa é deslocada até a cidade para escrever um artigo sobre o que até então ela imaginava ser um caso como todos os outros. A isso soma-se uma narrativa que intercala o passado, com os últimos meses de vida de Becca, com o presente, mostrando todos os passos da investigação de Kelsey.

A repórter se depara então com uma força emocional que a liga com a tragédia de Becca, que até o momento não tinha nem mesmo um suspeito divulgado. Logo ela começa a traçar os mesmos passos da garota, correndo perigo ao mergulhar fundo e até mesmo invadir lugares restritos a autoridades para obter informações.

A narrativa prende o leitor até a ultima página, e o autor vai deixando pistas que precisam de muita atenção. O desenvolvimento da repórter no livro é muito inteligente para tratar do crime em questão, fazendo o leitor pensar junto com ela e desvendar o crime.

O passado recente de Kelsey tem fortes doses traumáticas que precisam ser enfrentadas e superadas por ela, com a morte de Becca tudo isso vem a tona de forma avassaladora.

Esse foi o meu primeiro contato com o autor e gostei da forma como ele desenvolveu a história, porém senti que, apesar de interessante, a trama ficou rasa e seria necessário ter se aprofundado mais em algumas partes, por exemplo, na vida dos amigos de Becca que foram bastante presentes na história. Em certos momentos do livro comecei a me questionar se Becca era realmente a garota que todos achavam.

Leia também:


E para comprar livros na Amazon, use nossos links abaixo e nos apoie a continuar produzindo Jornalismo Cultural Independente!



E se você gostou do nosso conteúdo, apoie-nos através das nossas redes sociais e acompanhe nosso podcast

Facebook RSS Youtube Spotify Twitch


Receba conteúdos exclusivos!

Garantimos que você não irá receber spam!

Compartilhe essa matéria!
Imagem padrão
Raissa Sara
Artigos: 1
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Acompanhe o Otageek nas redes sociais

pt Português
X